do meu jeito: Fevereiro 2011

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

na brisa do mar,

                  
eu costumo pensar que um dia conseguirei viajar, como as ondas viajam pelo mar, só que muda uma única opção, não quero viajar no mar e sim no teu coração.

eu acho tudo tão claro,

                       [OgAAAD_P1WsTjJDcv7oEJbko031DBY2031yTeKDv4-UA_s4JEQ435hsSsAacHBsmcHZpPDiXSYlnjoWCHrZ_CLilbxIAm1T1UEQ7tSzSWqn7gw2yRtm_JIf1QkaX.jpg]
pra qualquer um, eu sei que me custa caro pensar demais, eu sofro sem você aqui, mas tem que ser assim, espero não cair. na próxima vez.

talvez seja o início,

                     
de uma fase que ainda não aconteceu. um sopro no vazio da vida, quem ainda não vive. como queria, como teria? o que dirá divagando devagar e sempre, indo pra algum lugar.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Quanto tempo nessa vida

           
você acha que precisa pra aprender que o tempo não te dá chance de tentar outra vez? É melhor a gente dar valor, dar carinho, demonstrar amor quando tem chance. Depois vai sentir falta e vai querer reviver...

Com você eu sei que

                
meus segredos estão bem guardados, e sei que, não só nos momentos felizes, mas na horas mais difíceis você estará lá.  

para nayadiine s2

Às vezes sinto como se nada

                    meninas fakes
no mundo fizesse sentido, o fato de a gravidade não nos deixar voar, o fato de como um ser humano é capaz de amar alguém, de se entregar sem medo de ser feliz a pessoa que ama mesmo que ninguém nesse mundo um dia soube dizer, definir com palavras o que realmente é amar, também não consigo entender como viemos parar nesse mundo que parece ser mais um buraco negro e enigmático habitado por pessoas que muitas vezes esquecem do valor que cada um tem dentro de si. Paixões, o que são paixões em meio a tantos sentimentos? É apenas mais algo escuro e indecifrável que caminha conosco em nosso dia a dia, não sabemos nem como, nem porque nos apaixonamos por nossos amigos, familiares e namorados, apenas sabemos que a vida é um enigma e que não devemos tentar entendê-la. Porque afinal "viver ultrapassa qualquer entendimento".

Desculpas

               
na maioria das vezes não resultam em nada. Mas e se as minhas desculpas forem as mais sinceras? Você me desculparia e acreditaria que eu quero ficar contigo até o fim da minha vida? Que eu quero continuar olhando pra você, até meus olhos fecharem eternamente? Que eu quero acreditar que o seu sorriso é o mais lindo por minha causa, e que, por mais que isso tudo seja uma mentira, eu te amo?

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Falar é completamente fácil,

                      
quando se tem palavras em mente que se expresse sua opinião,Difícil é expressar por gestos e atitudes, o que realmente queremos dizer. Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.Difícil é encontrar e refletir sobre os seus próprios erros. Fácil é fazer companhia a alguém, dizer o que ela deseja ouvir.Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer a verdade quando for preciso.Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre a mesma.Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer.Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o bolo sola, o pneu fura, chove demais.Às vezes se espera demais das pessoas.Normal. A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que chegamos a pensar que acabou.Normal.Todos nós devemos transformar tudo em uma boa experiencia.

Por isto estou aqui,

                    
Vim cuidar de você,te proteger,te fazer sorrir,te entender,te ouvir e quando tiver cansada (o) cantar pra você dormir.

Eu aprendi,

               
Que sou mais forte que imaginava, e que posso ir mais longe depois de pensar que não podia mais.
E que realmente a vida tem valor e eu tenho valor diante da vida !

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

grandes garotas

                     
não choram, grandes garotas não sofrem, grandes garotas não são frágeis. prazer, nao sou uma delas

eu realizaria

        
todos os seus desejos se você me pedisse, mas se você me negasse um dos seus beijos não sei o que eu faria então, abrace-me forte e diga três palavras como você costumava fazer dançando nos azulejos da cozinha, sim, você faz minha vida valer. então eu te disse com um sorriso: é tudo por você!